Connect with us

Hi, what are you looking for?

El Diario de Noticias

mundo das notícias

34 mortes é máximo dos últimos 10 meses. Dia com 40 090 novos casos


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 40 090 novos casos de covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Mais 34 pessoas morreram devido à infeção por SARS-CoV-2, indica ainda o relatório desta sexta-feira (14 de janeiro). Desde 3 de março, ou seja há mais de 10 meses, que não se registavam tantos óbitos por causa da doença, tendo nesse dia sido declarados 41.

O maior número de mortes foi registado em Lisboa e Vale do Tejo, com 13, e no Norte, com 12, enquanto no Centro foram declaradas quatro, na Madeira foram três, Algarve e Alentejo, com um cada.

O Norte e Lisboa e Vale do Tejo continuam a ser as regiões com mais novos casos, com 15 914 e 14 513 respetivamente, sendo de 4589 no Centro, 2193 na Madeira, 1224 no Algarve, 1207 no Alentejo e 450 nos Açores.

A matriz de risco indica a nível de incidência há agora 3813,6 casos de infeção SARS-CoV-2/ COVID-19 por 100 000 habitantes a nível nacional, quando na anterior atualização era de 3615,9. Tendo em conta a penas o continente a taxa é de 3796,0 casos de infeção, quando na segunda-feira era de 3615,3.

Refira-se que no concelho de Lisboa a incidência é de 5406 casos por 100 mil habitantes.



Source link

Click to comment

Leave a Reply

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

You May Also Like

Saúde

Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil.

Cultura

Nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Saúde

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem eum.

Cultura

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora.